domingo, 31 de março de 2013

Inri Cristo, morreu na última sexta-feira na cidade de El Calvario, na Colômbia

Inri Cristo
Álvaro Thais, conhecido pelos brasileiros como Inri Cristo, morreu na última sexta-feira na cidade de El Calvario, localizada no departamento de Meta, na Colômbia. Inri estava em uma peregrinação solitária pela América Latina. Ele era fundador e líder da Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade (SOUST), instituição religiosa que agrega cerca de 12 pessoas em todo o país. As circunstâncias de sua morte ainda não foram esclarecidas, mas a polícia local trabalha com a hipótese de assassinato. “O corpo não apresentava sinais visíveis de violência, mas a colina em que foi encontrado é local de desova de corpos das vítimas executadas pelo cartel de narcotraficantes Los Romanos.

Iremos aguardar os resultados da necrópsia, que só poderá ser realizada na próxima segunda-feira. Por questões de segurança, até lá, o corpo será armazenado em uma caverna inviolável cuja única saída é constantemente vigiada e vedada por uma grande rocha”, afirmou Erón Antipas, governador da província.

Ao contrário do que se imaginava, a falta de informações sobre a morte de Inri não causou expectativas entre seus seguidores, mas preocupação. “Ele sofria de narcolepsia e é possível que ainda esteja vivo. Esperar tanto tempo por esclarecimentos pode ser a diferença entre sua sobrevivência ou morte”, afirma Analgiza Magdalena, discípula da SOUST. A ordem religiosa já requisitou a intervenção do Ministério da Relações Exteriores no caso. O pedido, porém, só poderá ser acatado após aprovação pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Fonte: Blog Pávulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário